Rivotril para que serve

rivotril para que serve

Quais são os efeitos colaterais do Rivotril?

Rivotril®pode prejudicar seu bebê. Informe seu médico se estiver grávida ou se está tentando engravidar. O uso de altas doses no último trimestre da gestação ou no trabalho de parto pode causar arritmia no feto e baixa temperatura corpórea, falta de tônus muscular, depressão respiratória e dificuldade de sucção no bebê.

Como usar o medicamento Rivotril na gravidez e amamentação?

Uso de Rivotril na gravidez e amamentação Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Rivotril® só deve ser administrado a gestantes se houver indicação absoluta e se os benefícios potenciais superarem os riscos para o feto. Rivotril®pode prejudicar seu bebê.

Quais são os riscos da superdose de Rivotril?

A superdose de Rivotril®está raramente associada com risco de morte, caso o medicamento tenha sido tomado isoladamente, mas pode levar à arreflexia, apneia, hipotensão arterial, depressão cardiorrespiratória e coma. Se ocorrer coma, normalmente tem duração de poucas horas; porém, pode serprolongado e cíclico, particularmente em idosos.

Quais são as consequências do uso de altas doses de Rivotril no último trimestre da gestação?

O uso de altas doses no último trimestre da gestação ou no trabalho de parto pode causar arritmia no feto e baixa temperatura corpórea, falta de tônus muscular, depressão respiratória e dificuldade de sucção no bebê. Tanto a gestação quanto a suspensão de Rivotril® podem exacerbar a epilepsia.

Quanto tempo dura o efeito do Rivotril?

Em comprimidos, sublinguais ou solução oral, o Rivotril tem efeito rápido, levando de 30 a 60 minutos para começar a atuar no organismo. O efeito perdura até 8 horas em adultos e 12 horas, em crianças. Qual é a vida útil do Rivotril?

Quais são os medicamentos que podem interagir com O Rivotril?

Muitos medicamentos podem interagir de forma negativa com o Rivotril. Uma classe de remédios com os quais o Rivotril faz mal são os opióides como a hidrocodona, a codeína e o tramadol. A interação medicamentosa entre esses compostos pode resultar em sonolência extrema, respiração lenta e levar a pessoa a um coma e risco de morte.

Quais são as consequências do uso prolongado de Rivotril?

O uso prolongado de Rivotril também pode causar alterações no humor como comportamentos agressivos mesmo em pessoas que nunca apresentaram esse tipo de comportamento. Isso pode colocar em risco à sua integridade física e de pessoas ao seu redor.

Quais são os sintomas de reação alérgica ao tomar Rivotril?

Também preste atenção aos sintomas de reação alérgica como urticária, dificuldade de respirar, inchaço no rosto, lábios, língua ou garganta. Para aqueles que usam Rivotril com frequência podem sofrer efeitos adversos muito prejudiciais à saúde, que podem causar problemas em vários órgãos no corpo.

Quais são os riscos de tomar o medicamento Rivotril?

A superdose de Rivotril® está raramente associada com risco de morte, caso o medicamento tenha sido tomado isoladamente, mas pode levar à arreflexia (ausência de reflexos), apneia, hipotensão arterial, depressão cardiorrespiratória e coma. O que acontece se uma pessoa tomar Rivotril em excesso?

Quais são as consequências do uso prolongado de Rivotril?

O uso prolongado de Rivotril também pode causar alterações no humor como comportamentos agressivos mesmo em pessoas que nunca apresentaram esse tipo de comportamento. Isso pode colocar em risco à sua integridade física e de pessoas ao seu redor.

Quais são os sintomas de reação alérgica ao tomar Rivotril?

Também preste atenção aos sintomas de reação alérgica como urticária, dificuldade de respirar, inchaço no rosto, lábios, língua ou garganta. Para aqueles que usam Rivotril com frequência podem sofrer efeitos adversos muito prejudiciais à saúde, que podem causar problemas em vários órgãos no corpo.

Quais os riscos da superdosagem?

Se o medicamento for usado isoladamente, a superdosagem raramente está associada ao risco de morte. “No entanto, em alguns casos podem ocorrer ausência de reflexos, apneia, hipotensão arterial, depressão cardiorrespiratória e até coma”, alerta Gisele.

Postagens relacionadas: