Pé de atleta

pé de atleta

Como é o pé de atleta?

Pé de atleta (Tinea pedis), ou popularmente conhecido como frieira é uma micose causada pelo fungo do gênero Tricophyton. Cuja infecção pode afetar várias partes do corpo, principalmente a região entre os dedos. Ademais, provoca manchas vermelhas e arredondadas e fissuras que descama ao coçar.

Como prevenir o pé de atleta?

Como prevenir o pé de atleta? Por se tratar de uma infeção altamente contagiosa, deixamos aqui algumas recomendações para prevenir o seu aparecimento: Ao fazê-lo com frequência poderá detetar alterações e assim atuar rapidamente caso seja necessário.

Qual é a manifestação mais comum do pé de atleta?

Interdigital: é a manifestação mais comum do pé de atleta e afeta, normalmente, os espaços interdigitais e os próprios dedos. Na origem do pé de atleta, estão dermatófitos (como Epidermophyton, Microsporum e Trichophyton), um tipo de fungo que se alimenta da queratina presente na pele, cabelo e unhas.

Como é feito o diagnóstico precoce do pé de atleta?

Neste caso, o diagnóstico precoce do pé de atleta pode fazer toda a diferença no sucesso do seu tratamento. Geralmente, a terapêutica tem por base a aplicação de um antifúngico tópico (creme, pomada, solução e pó) na zona afetada e/ou a toma de medicamentos, capazes de tratarem a infeção em uma a duas semanas.

Qual é a causa do pé de atleta?

O pé de atleta é uma infecção fúngica, portanto, seu tratamento de primeira linha costuma ser com produtos antifúngicos prescritos ou de venda livre. Informações divulgadas na Cochrane Library destacam que para combater essa infecção os antifúngicos devem ser utilizados 2 vezes ao dia, durante cerca de 4 semanas.

Como é feito o tratamento do pé de atleta?

Tratamento O tratamento do pé de atleta é um tratamento contínuo e com cuidados de higiene diários. Pode consistir apenas na aplicação de produtos antifúngicos de aplicação local ou incluir a toma de medicamentos. Quando estiver a cumprir o tratamento, este deve ser mantido até ao final do tempo indicado, mesmo que os sintomas tenham desaparecido.

Como ocorre a infecção do pé de atleta?

1 – O que causa o pé de atleta? O pé de atleta pode ser adquirido pelo contato com superfícies contaminadas, mas existem outros fatores que favorecem a infecção. O uso de sapatos fechados, junto a pés úmidos favorece o crescimento dos organismos contaminados. Além disso, os homens são mais suscetíveis a isso.

Por que o pé de atleta é causado por fungos?

O pé de atleta é uma infecção que ocorre devido a um fungo. Este se prolifera em ambientes opostos: em áreas ou muito quentes ou muito úmidas. Você sabe como reconhecê-lo? Sabe qual é o tratamento? Neste artigo, vamos falar sobre seus principais sintomas e causas. Além disso, apresentamos alguns remédios naturais que ajudam a combatê-lo.

1 – O que causa o pé de atleta? O pé de atleta pode ser adquirido pelo contato com superfícies contaminadas, mas existem outros fatores que favorecem a infecção. O uso de sapatos fechados, junto a pés úmidos favorece o crescimento dos organismos contaminados. Além disso, os homens são mais suscetíveis a isso.

Como curar o pé de atleta com óleo da árvore do chá?

O óleo da árvore do chá tem uma poderosa ação antifúngica, antibacteriana e antibiótica que o tornam ideal para combater vírus, bactérias e fungos. Como utilizar? Para curar o pé de atleta, você só tem que misturar proporcionalmente o óleo da árvore do chá com azeite de oliva e aplicar com um algodão nas zonas afetadas.

Quais são as causas do pé de atleta?

O pé de atleta é causado por diferentes fungos do gênero Tricophyton, o mesmo tipo que causa a micose. Meias e sapatos úmidos favorecem o crescimento desses organismos nos pés. O pé de atleta é contagioso e pode ser transmitido pelo contato com uma pessoa infectada ou por contato com superfícies contaminadas, como toalhas, pisos e calçados.

Quais são as doenças causadas pelo pé de atleta?

O pé de atleta faz parte de um grupo de doenças denominado tinha. O pé de atleta é causado por uma série de fungos. Os mais comuns são as espécies de Trichophyton, Epidermophyton e Microsporum. A doença é geralmente adquirida por contacto com pele infetada ou por contacto com o fungo no meio ambiente.

Qual foi a primeira vez que o pé de atleta foi descrito em termos médicos?

O pé de atleta foi pela primeira vez descrito em termos médicos em 1908. Acredita-se que ao longo da História tenha sido uma doença relativamente rara, e que só se tornou comum no início do século XX com o aumento da utilização de sapatos, ginásios, guerra e viagens. ↑ Rapini, Ronald P.; Bolognia, Jean L.; Jorizzo, Joseph L. (2007).

Quais são os fungos que causam o pé de atleta?

O pé de atleta é causado por uma série de fungos. Os mais comuns são as espécies de Trichophyton, Epidermophyton e Microsporum. A doença é geralmente adquirida por contacto com pele infetada ou por contacto com o fungo no meio ambiente.

Postagens relacionadas: